Buscar

Junho Vermelho



Junho é o mês escolhido para a campanha que incentiva a doação de sangue, pois os estoques dos bancos de sangue públicos e privados, sofrem uma baixa significativa nesta época do ano. A campanha é organizada pelo Movimento Eu Dou Sangue, fundada por Debi Aronis, o projeto surgiu após seu pai precisar de sangue devido uma doença delicada, sendo que a mesma percebeu que os estoques estavam baixos em Hemocentros e hospitais.

De acordo com uma pesquisa feita em 2017 pelo Eu Dou Sangue em parceria com o Instituto Datafolha, cerca de 92% da população doaram sangue entre junho de 2016 e junho de 2017. Além do recesso e do clima mais frio, feriados e dias chuvosos também impactam negativamente os hemocentros, que costumam registrar queda de 30% em seus estoques no período.

No Brasil, o número de doadores corresponde a apenas 1,8% da população, enquanto em países da Europa, cerca de 7% da população é doadora de sangue. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que cada país tenha entre 3% e 5% de sua população doadora de sangue frequente.

Lançada no estado de São Paulo, a campanha Junho Vermelho ganhou status de lei estadual em 15 de março de 2017 (nº 16.386) e passou a ser promovida em todo o país.

A objetivo é abastecer bancos de Sangue no inverno, enquanto a tendência é de queda nas doações.

"Doe Sangue, pequenos gestos podem salvar vidas"

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Hepatites

Alergia