Buscar

Dia Nacional de Combate a Tuberculose


No dia 17 de novembro é observado o dia nacional de combate à tuberculose, o dia foi instituído pelo ministério da saúde e objetiva chamar a atenção de profissionais da saúde e população geral para a gravidade e facilidade de dispersão da doença, principalmente entre as populações de risco.


A tuberculose é uma doença infecciosa causada pelo Mycobacterium tuberculosis, que afeta principalmente os pulmões, mas pode afetar outros órgãos também. Esta doença é um sério caso de saúde pública, com raízes profundamente sociais, que anualmente acomete cerca de 70 mil pessoas e chega a matar 4,5 mil.


É transmissível pelo ar a partir da inalação de aerossóis, que podem ser transmitidos pela fala, espirro ou tosse de pessoas com tuberculose ativa. Ou seja, em locais onde há grande aglomeração de pessoas a transmissão torna-se mais fácil. Estima-se que durante um ano, uma pessoa possa infectar cerca de 15 novos indivíduos.


Como foi dito, é uma doença com profundas raízes sociais, com populações vulneráveis como:

- Indígenas: Risco de adoecimento 3 vezes maior que a população geral.

- Privados de Liberdade: Risco 28 vezes maior.

- Pessoas que vivem com HIV/AIDS: Risco 28 vezes maior.

- Pessoas em situação de rua: Risco 56 vezes maior.

Dessa forma, são necessárias ações e planos visando tais parcelas da população, que muitas vezes são excluídas e pouco observadas.


A tuberculose apresenta sintomas como: febre vespertina, sudorese noturna, emagrecimento e cansaço. Entretanto, seu principal sintoma é a tosse, em sua forma seca ou não.

Com isso, existem diversas formas de diagnóstico, sendo as mais comuns a radiografia de tórax e a cultura para a bactéria em questão, realizada a partir da coleta de escarro do paciente.


Seu tratamento é realizado de maneira totalmente gratuita pelo SUS, em regime de TDO (tratamento diretamente observado) o que garante sua continuidade, uma vez que o mesmo dura minimamente 6 meses e por isso tem uma baixa taxa de adesão. O TDO consiste na ingestão do medicamente de forma assistida por um profissional de saúde.


A principal maneira de se prevenir tuberculose em crianças é por meio da vacina BCG, que protege a criança contra as formas mais graves da doença. A vacina normalmente aplicada ainda na maternidade, caso isso não aconteça deve ser tomada nas unidades básicas de saúde antes da criança completar 5 anos.


Outra forma de prevenção é a avaliação das pessoas que tiveram contato com pacientes infectados, identificando a presença da bactéria e evitando seu desenvolvimento para uma forma ativa e transmissiva.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Hepatites

Alergia