Buscar

Semana Mundial de Amamentação - Agosto Dourado



De 1 a 7 de agosto é celebrada a semana mundial de Amamentação (SMAM). Esta campanha existe desde 1992 e acontece em mais de 120 países. Ela foi criada pela OMS em conjunto com a Unicef e em 2019 traz os seguintes objetivos:

- Informas as pessoas sobre os vínculos entre proteção social parental com igualdade de gênero e amamentação.

- Vincular iniciativas de apoio à maternidade/paternidade e normas/leis sociais com igualdade de gênero em todos os níveis para apoiar a amamentação.

- Envolver-se com indivíduos e organizações para maior impacto

- Mobilizar a sociedade para ampliar a proteção social parental com igualdade de gênero para apoiar e promover a amamentação.


Para atingir tais objetivos e proporcionar uma amamentação saudável tanto para os pais quanto para seus filhos, o ministério da saúde traz 10 itens como facilitadores:

- Ter normas escritas sobre o aleitamento e repassá-la aos profissionais e mães.

- Promover treinamentos de equipe profissional, para que estes possam aprender e repassar o conhecimento.

- Informar as gestantes sobre os benefícios da amamentação.

- Auxiliar as mães durante a amamentação na primeira hora de vida do bebê.

- Alimentar o recém-nascido apenas com leite materno

- Mesmo em casos onde as mães estejam separadas de seus filhos, a orientação sobre lactação e amamentação não pode parar.

- Permitir e facilitar que mães e seus filhos fiquem juntos 24h por dia após o parto.

- Incentivar as mães a realizarem o aleitamento sem horário definido, seguindo as necessidades dor recém-nascido.

- Instruir as mães contra o uso de bicos artificiais e chupetas.

- Encorajar a busca de grupos de apoio à amamentação.


O ato de amamentar é fundamental não apenas para o bebê, mas também para a mãe. Com o leite materno a criança tem menos chances de desenvolver inúmeras doenças como asma, bronquite, rinite e alergias alimentares. Para a mães os benefícios vão desde criação de um vínculo afetivo, até a diminuição das chances do desenvolvimento de anemia, hemorragias e câncer de mama. Além disso a mãe se sente menos ansiosa e seu peso volta ao normal muito mais rápido.


A posição ideal para o aleitamento é aquela em que tanto o bebê quanto a mãe estejam confortáveis, ao mesmo tempo que esteja sendo realizada a pega correta (encaixe da boca do bebê no seio da mãe) para uma boa sucção de leite.


A partir dos 6 meses de vida a mãe já pode introduzir outros alimentos na dieta do bebê, mas mantendo o aleitamento em paralelo. A amamentação deve ser feita até 1 ano de idade, sendo idealmente prolongada até os 2 anos e podendo ser realizada até os 4 anos.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Hepatites

Alergia