Buscar

Dia Mundial da Saúde Oral


Este é o conteúdo da publicaçãoNo dia 20 de março observa-se o “Dia Mundial da Saúde Oral”, e tem como objetivo conscientizar a população e os profissionais de saúde, prevenindo e controlando as doenças relacionadas. A data foi instituída em 2012 em uma assembleia geral da Federação Dentária Internacional (FDI), e atualmente conta com o tema “Tenha Orgulho da sua boca”, durante o período de 2021 a 2023. Dessa forma, a instituição pretende incentivar a sociedade a valorizar e cuidar de sua saúde oral, compreendendo que assim também se protege sua saúde e seu bem-estar em geral.


Atualmente no mundo, cerca de 3,5 bilhões de pessoas apresentam algum problema relacionado a saúde bucal. Enquanto isso, no Brasil, os dados não deixam de ser alarmantes, em 2015 apenas 44,4% dos brasileiros buscaram atendimento odontológico, e dessa parcela, mais de 70% se referem a consultórios privados. Ou seja, além da falta de conscientização, os dados também revelam uma profunda necessidade de investimento nessa área da saúde pública.


A Saúde oral, apesar de muitas vezes negligenciada, tem uma relação muito próxima com a saúde geral. Uma vez que a falta da mesma pode acarretar problemas severos e até mesmo agravar problemas já existentes, como diabetes e doenças cardiovasculares. São alguns exemplos de problemas bucais:


- Cárie: Caracterizada pela desintegração do dente, provocada pela higiene inadequada ou por complicações de outras enfermidades que causam a diminuição da produção de saliva, como por exemplo o tratamento quimioterápico para o câncer;


- Gengivite: Inflamação da gengiva causada pelo depósito de placa bacteriana;


- Tártaro: Endurecimento da placa bacteriana na superfície dos dentes.


Dessa forma, também é importante aproveitar os momentos de escovação para observar se existe a presença de lesões como manchas, caroços, feridas ou placas avermelhadas, em qualquer região interna da boca, ou nos lábios. Pois, apesar da sua maioria ser apenas benigna, também existe a possibilidade de câncer bucal.


Para aquelas pessoas que possuem mais de 40 anos de idade e são frequentes consumidores de bebidas alcoólicas e tabaco, a presença de tais lesões é ainda mais preocupante. Assim, é necessário que o paciente em questão busque um profissional para uma avaliação mais detalhada. Se for diagnosticado de forma precoce, sua possiblidade de cura é muito maior.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Hepatites

Alergia